11.26.2009




Quando China e Japão entraram em conflito em 1941, a empresa americana U.S. Harksin decidiu transferir sua filial de Xangai para o Rio de Janeiro. No Brasil, adotou o nome de Kibon. Os primeiros lançamentos, que se tornariam clássicos, foram o sorvete Eski-bon e seu colega de palito, Chicabon. Aparecem então nas ruas do Rio, os primeiros carrinhos amarelos e azuis. Em 1949, a Kibon abre sua filial de São Paulo
O hábito de levar sorvete para casa demorou a pegar por uma razão muito simples: em 1960 apenas 11% dos lares brasileiros possuíam geladeira. Fonte: História da Embalagem no Brasil, Editora Grifo

Um comentário:

Manoela disse...

Nossa... Que legal!! Nao sabia