2.05.2010

ENQUANTO ISTO NA PROFUNDEZA DAS SELVAS DO CONGO...

Léon Harrison Gross (Lee Falk) em 28 de abril de 1911, em St. Louis. Escritor, criou Mandrake que na época era desenhado por Phil Davis. Depois do sucesso do mágico misterioso, o senhor Falk publicaria The Phantom, no dia 17 de fevereiro de 1936, em tiras diárias no New York American Journal, desenhada por Ray Moore.
Em maio de 1939, The Phantom passaria a ser publicado em páginas dominicais coloridas.
Inicialmente, Lee Falk imaginou O Fantasma como sendo um playboy milionário que passaria a usar um traje exótico, e munido de uma máscara para esconder sua identidade, se tornaria um combatente do crime. Mas, descartou a idéia inicial e desenvolveu todo o cenário como conhecemos hoje.

4 comentários:

Henrique disse...

Swain, sensacional a cena e o balão, fico a imaginar em que parte do celerado pigmeu nosso "Espírito-que-Anda" cravou o anel da Caveira! Deve aparecer no quadrinho seguinte. E Lee Falk é muito sonoro, bem melhor que Léon Harrison Gross, não sabia dessa, Blog do Swain também é cultura! Abraço, Henrique

Lee Swain disse...

Puizé, Henrique, aqui você não pede, manda, rsrsrs....
abs e até breve.

Lina Faria disse...

Ei, prá quando o parto do blog novo?
Ê gestação longa, sô!

Lee Swain disse...

Lina, deu uma complicada no meio do processo, mas parece que agora vai! (Resposta no post acima.) Bjs