11.29.2009

DOMINGO, DIA DE FOLGA DO BLOGUEIRO


Passei a infância cantando esta musiquinha e imaginando como seria um pé de cachimbo. Até que cresci e alguém me contou que não existia Papai Noel, muito menos pé de cachimbo. (sobre obra de Magritte)

4 comentários:

RUI disse...

Tá lendo o Nem bobo nem nada, pelo menos? Ou se jogou nas palhas, como dizem os catarinas? Abraços, Werneck

Lee Swain disse...

Tô fazendo a capa de um livro chamado Pequenos Anjos de Pedra. Depois te conto, que eu não sou bobo nem nada...

RUI disse...

Depois só arroiz! Eu tô terminando um novo romancélere... agora com 300 e tantas páginas. Romancelerão, pois não! E esperando o leiaute dos Pensamentos Descartáveis de um diretor de arte famoso chamado Lee Swain. Tudo em nome da alegria de viver. Abraços, boa semana, Werneck

Lee Swain disse...

Você não perde por esperar....